Home Dicas de Viagem (Destaque) Voo cancelado: O que fazer para evitar dores de cabeça

Voo cancelado: O que fazer para evitar dores de cabeça

0
162
Mulher esperando voo

Voos cancelados acontecem todos os dias e isso é normal. Por outro lado, se não houver planejamento e conhecimento no assunto, você pode ter muitas dores de cabeça.

Viajar é o momento de descansar e curtir, por esse motivo, qualquer divergência não é bem-vinda. Pensando em te ajudar, a Coris reuniu as principais informações sobre o tema para você ficar por dentro e evitar conflitos na sua viagem.

Nesta publicação, você entenderá o que fazer em caso de voo cancelado, os motivos mais comuns para o cancelamento, os direitos do passageiro e o funcionamento da cobertura do seguro viagem para esse tipo de imprevisto. Além disso, também falamos sobre como evitar ser surpreendido por um cancelamento de voo.

Aproveite e veja mais dicas no nosso post com dicas de segurança para sua viagem.

O que fazer em caso de voo cancelado?

Neste caso, há duas opções possíveis:

  • você poderá escolher outro voo de acordo com sua disponibilidade; ou
  • desistir de viajar e receber o valor integral do que foi pago na ou nas passagens.

Algumas companhias também oferecem devolução em créditos que o cliente pode utilizar em outras viagens futuras.

É preciso ter em mente que as companhias não se responsabilizam por possíveis multas de hospedagens e passeios, por exemplo. Em contrapartida, é direito do cliente tentar suporte judicial sobre os danos materiais acometidos por essa situação. Mais do que isso, há outros suportes em lei que o cliente pode usufruir caso sentir-se lesado.

E mudanças no horário de voo – tenho direito a indenização?

Bom, depende. Caso a empresa aérea não tenha comunicado seus tripulantes em até 72 horas, estes têm o direito de serem indenizados, conforme consta na Resolução 400/2016 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A companhia tem o direito de alterar o horário do seu voo em até 30 minutos de antecedência para voos nacionais e 1 hora para voos internacionais.

Se tais mudanças não forem repassadas para o cliente nesses prazos, a empresa deve oferecer reacomodação para outro voo – seja da mesma empresa ou outra, ou o reembolso total gasto. Ademais, se não houver cumprimento da companhia, é possível solicitar suporte em justiça.

Razões mais comuns para cancelamento de voos

Há alguns motivos que fazem o voo ser cancelado e, dentre os principais, o cancelamento por tempo instável é um dos principais, mas os motivos vão além. As manutenções sem programação prévia também somam boa parte dos cancelamentos de voos – quase 30% das viagens são canceladas por esse motivos.

O conhecido overbookingtambém está entre esses motivos. Overbooking é o termo utilizado por empresas aéreas para justificar a reserva de mais lugares que o avião realmente possui. O que acontece, geralmente, é que há a troca de aeronaves com número menor de acentos que havia na anterior.

Para além dessas razões, outras que impedem um voo de decolar, são: cancelamento de voos em conexão e, em casos mais raros, a não aparição de passageiros, configurando como “passageiro perdido” – quando este despacha suas bagagens mas não aparece para embarque.

Como evitar ser surpreendido por um cancelamento de voo

Para evitar ser pego de surpresa em caso de voos cancelados, é preciso estar a par dos seus direitos enquanto cliente da companhia aérea. Mais do que isso, também é interessante que você conheça os procedimentos comuns à empresa que você contratou para se prevenir de possíveis descumprimentos de leis.

Posterior a isso, você também pode optar por companhias com bastante voos para seu destino. Dessa forma, caso seu voo seja cancelado, você terá uma garantia de que outro avião, em data próxima, irá decolar. Também esteja atento à quantidade de cancelamentos realizados pela empresa – fique sempre atento ao Reclame aqui!

Quer mais uma dica? Contrate um seguro viagem para este e outros possíveis imprevistos. Dependendo da cobertura, o seguro viagem será responsável por te assegurar em casos de cancelamento de voo, com reembolso integral de voos e perda de reservas em hotéis ou hostel. Mas calma! Falamos mais sobre o assunto no tópico abaixo.

Como funciona a cobertura de seguro para voos cancelados?

Um seguro de cancelamento de viagem é perfeito para quem vai viajar e não quer ter dor de cabeça com essa ou outra eventualidade. O que acontece, muitas vezes, é que a companhia aérea pode cancelar seu voo por N motivos, ou ainda, suas férias podem ter sido adiadas, um problema de saúde pode ter aparecido e por aí vai.

Muitas são as possibilidades de imprevistos acontecerem, e a assistência no caso de cancelamento de voos se aplica, por exemplo, a extensão de hospedagem no local em que você se encontra a passeio ou trabalho por até 5 dias, independente da causa do cancelamento do voo pela companhia aérea.

O cancelamento ou atraso não foi por sua culpa, então nada mais justo que a estadia extra não seja arcada por você, não é mesmo? O seguro viagem te ampara nesse sentido!

Ainda, mais do que te assegurar quando você não puder embarcar, um seguro viagem completo te dará suporte diverso quando você já tiver viajando, caso você sofra com algum problema de saúde, extravio de bagagem, furtos e outros imprevistos.

Veja mais sobre os pontos em que um seguro viagem pode te ajudar para além de casos de cancelamento de voos:

  • atraso ou cancelamento de voo;
  • extravio de bagagens;
  • interrupções de viagem;
  • emergências médias ou outro problemas de saúde;
  • despesas farmacêuticas.

Falamos mais sobre o assunto nesta publicação: “Conheça os motivos para contratar um seguro viagem”.

É preciso estar por dentro dos seus direitos para não sofrer com um voo cancelado ou atrasado. Para tanto, um seguro viagem ajuda muito! Considere contratar um e aproveite somente as partes boas de uma viagem.

Aproveite e veja mais dicas e informações sobre o universo das viagens no blog da Coris Seguro Viagem. Até a próxima!