Home Destinos de Viagem Veja os países da América Latina que já recebem turistas

Veja os países da América Latina que já recebem turistas

0
5629

Aos poucos, mais e mais países estão reabrindo as suas fronteiras para os viajantes. Com isso, é preciso estar atento às normas e exigências para a entrada em cada um destes destinos. Separamos uma lista de todos os países da América Latina que já estão recebendo turistas e o que é preciso saber antes de seguir viagem:

Argentina

A reabertura da Argentina ocorreu em meados de novembro, permitindo a entrada de visitantes estrangeiros. Para entrar no país é preciso apresentar um teste negativo de Covid-19 realizado até 72h antes da chegada e preencher a Declaração Eletrônica até 48h antes do voo. O país ainda exige seguro viagem com cobertura para Covid-19.

Bolívia

O turismo ainda não é permitido na Bolívia, embora a entrada de brasileiros na Bolívia seja autorizada para os residentes no país, além de pessoas em missões diplomáticas, missões especiais, organismos internacionais, especialistas e técnicos de diferentes áreas. No entanto, é preciso apresentar teste PCR negativo para Covid-19 emitido em até 7 dias antes da chegada, endossado pela representação consular boliviana.

Chile

O Chile reabriu as suas fronteiras para o turismo em novembro. No entanto, a entrada é permitia apenas pelo Aeroporto Internacional de Santiago. Além disso, é preciso apresentar teste PCR negativo para Covid-19 obtido até 72h antes da chegada ao país, preencher formulário de viagem e ter seguro viagem.

Colômbia

Desde setembro, a Colômbia retomou os voos internacionais no país, inclusive vindos do Brasil. Para entrada, os turistas precisam apresentar teste negativo de Covid-19 e preencher um formulário no site www.migracioncolombia.gov.co entre 24h e 1h antes da viagem.

Costa Rica

A Costa Rica reabriu suas fronteiras para visitantes estrangeiros em novembro e passou a exigir preenchimento de formulário de saúde e também seguro viagem que cobre Covid-19 com cobertura mínima de 50 mil dólares.

Cuba

Cuba reabriu suas fronteiras para visitantes internacionais em novembro e passou a exigir teste PCR de Covid-19 na chegada e o preenchimento do formulário de Declaración de Sanidad del Viajero. Além disso, cobra uma taxa sanitária de US$ 30 dos turistas.

Equador

O Equador passou a aceitar novamente visitantes estrangeiros em seu território desde julho. Para entrada é preciso que os turistas apresentem teste PCR negativo para Covid-19 emitido no máximo 10 dias antes. No entanto, os turistas estarão sujeitos ao exame na chegada e quarentena.

El Salvador

El Salvador retomou os seus voos internacionais em setembro e os visitantes estrangeiros precisam apresentar teste PCR negativo para Covid-19 emitido em até 72h antes da partida.

Guatemala

A Guatemala já permite a entrada de visitantes estrangeiros e de brasileiros. No entanto, exige teste (PCR ou antígeno) negativo para Covid-19 e, caso o turista não tenha feito o teste com antecedência, será submetido a quarentena de 14 dias.

Haiti

O Haiti voltou a permitir a entrada de visitantes do mundo todo. As medidas de segurança estão ainda em definição, e algumas das possibilidades são quarentena de 14 dias, checagem de temperatura e o preenchimento de um formulário.

Honduras

Honduras reabriu oficialmente em agosto, permitindo a entrada de visitantes de todos os países mediante apresentação de teste negativo para Covid-19, emitido até 72h antes da chegada.

México

O México está reaberto para turistas estrangeiros, sem exigir exames ou quarentena. No entanto, o uso de máscara em locais públicos é obrigatório e na chegada é preciso apresentar o Cuestionario de indentificacion de factores de riesgo en viajeros preenchido.

Nicarágua

O país já reabriu suas fronteiras para os estrangeiros e para entrada é preciso apresentar teste negativo de Covid-19 com 72h de antecedência da chegada ao país.

Panamá

Desde outubro, o Panamá retomou os voos internacionais no país e, com isso, passou a exigir dos turistas teste negativo de Covid-19 (PCR ou antígeno) emitido com até 48h de antecedência da chegada ao país, em inglês ou espanhol. Quem não tiver feito o teste com antecedência precisará fazê-lo na chegada e pagar os custos.

Paraguai

O Paraguai anunciou a reabertura de seus aeroportos em outubro e os turistas precisam apresentar teste negativo para Covid-19 emitido com até 72h de antecedência ou submeter-se a quarenta de 14 dias. Além disso, é preciso preencher o formulário de informações sobre saúde do viajante no máximo 24 horas antes da partida.

No caso do Brasil, a Ponte da Amizade, que liga a Ciudad del Este a Foz do Iguaçu (PR), também reabriu em outubro. No entanto, há restrição de passagem. Cidadãos brasileiros poderão entrar no Paraguai entre 6h e 15h e sair até as 19h.

Peru

Desde novembro, o Peru voltou a receber voos internacionais de até oito horas, o que inclui o Brasil. Para entrada no país, os turistas precisam apresentar teste negativo de Covid-19 com até 72h de antecedência da chegada ao país, além do preenchimento obrigatório da “Declaración Jurada de Salud” até 72h antes do embarque.

República Dominicana

A República Dominicana reabriu para turistas internacionais em julho, mediante verificação de temperatura na chegada, teste rápido de Covid-19 para aqueles que apresentarem temperatura acima de 38ºC, e eventual quarentena e tratamento. Além disso, é preciso preencher um formulário de Declaração de Saúde do Viajante.

Uruguai e Venezuela

Os dois países seguem com as fronteiras fechadas para o turismo.

Teste RT-PCR: Detecta o material genético do vírus usando uma técnica de laboratório chamada reação em cadeia da polimerase (PCR), também conhecido como teste molecular. Um profissional de saúde coleta uma amostra de saliva, fluido nasal ou da garganta com um cotonete.

FAÇA O TESTE COM 20% DE DESCONTO COM A AJUDA DA CORIS:

MELHOR SEGURO VIAGEM DO BRASIL & MAIOR EMPRESA DE LABORATÓRIOS DA AMÉRICA LATINA

20% OFF disponíveis para Testes RT-PCR e Sorológico + Descontos variados para demais vacinas, outros exames e check-ups básicos

São + de 700 unidades laboratoriais espalhadas pelo Brasil: ENCONTRE A MAIS PERTO DE VOCÊ!

IMPORTANTE: Desconto válido para todos os clientes que comprarem um Seguro Viagem CORIS; O cliente CORIS precisa apresentar o Bilhete de Seguro Viagem válido e o pedido médico para os exames, caso seja exigido pelo laboratório; Desconto válido também para os profissionais de turismo.

+ Cobertura médica para Covid-19 em todos os Planos, sem necessidade de contratação como custo adicional de upgrade, como oferecido pela concorrência!