Home Sem categoria Entenda tudo sobre “Passaporte verde”, que garantirá entrada para países da União...

Entenda tudo sobre “Passaporte verde”, que garantirá entrada para países da União Europeia

0
70

Saiba como este certificado garantirá a entrada para Portugal, França, Itália e outros países da Europa

As autoridades da União Europeia apresentaram este mês o “passaporte verde” para a COVID-19, um Certificado de saúde que tem como objetivo facilitar as viagens dentro do bloco europeu antes das férias de verão.

O Certificado indica se o portador foi vacinado, se já se recuperou da doença, ou se teve resultado negativo nos testes. Segundo o comissário europeu, o mesmo será em formato eletrônico ou impresso, opções que respeitam a liberdade de escolha do cidadão, além de respeitar a proteção de dados, segurança e privacidade do portador. A meta é que ele esteja em circulação antes de junho, para preservar a temporada turística.

A iniciativa já tinha sido apresentada no início do mês pela Comissão Europeia para permitir retomar as viagens desde que comprovada a vacinação ou a recuperação da doença. Entretanto, a ideia de criar um certificado digital para permitir a retomada do setor das viagens e do turismo, começou a ser abordada no início do ano.

China foi a primeira nação a lançar um “passaporte de vírus”, em 9 de março, em caráter facultativo. Os Estados Unidos também estudam um esquema semelhante de comprovação de imunidade ao novo coronavírus.

Para viés de informação, os países que se incluem membros da União Européia são: Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia, Suécia.

Assim como a Europa, o Brasil também se interessa por essa possibilidade. Semana passada, tivemos o debate desse tema com o Ministério do Turismo. Sem dúvidas, há o interesse em criar o passaporte interligado à saúde. A ideia é que o assunto seja colocado em pauta com o Congresso Nacional para buscar a recuperação econômica do setor.